casamento de viúva e as maravilhas do orkut

parte 1

Tem chovido bastante por aqui esses dias, e o que mais tenho feito é curtir o friozinho escutando músicas-para-dias-de-chuva, muito bem acompanhada por um belo cobertor e pelo meu capuccino de receita secreta. Aí, como adoro listinhas – eu juro que um dia paro com isso -, resolvi fazer meus top rock’n rolls de chuva e de sol, deixando bem claro que as músicas aí listadas não são definitivas nem incontestáveis. São só as que ando escutando um bocado ultimamente. E o engraçado aqui é que as bandas são praticamente as mesmas – quer dizer, toda banda tem músicas de chuva e de sol. Como as pessoas, nenhuma é totalmente feliz, nem totalmente deprê (tá, os emos são totalmente deprê, mas não contam como pessoas). E todas, de chuva ou de sol, são deliciosas, e eu juro que vou tentar pôr os links mastigadinhos aqui um dia. Entãaaao, lá vai:

top 15 músicas pra ouvir em dias de chuva, ou em dias tristes em que a vontade de chorar está tão lá no fundo que não chega aos olhos, e elas ajudam. Dão vontade de chorar, ou de se encolher na cama mais ainda, sentir o ventinho frio e ficar só balançando a cabeça no ritmo.


    • Air Supply – Goodbye
    • Amos Lee – Colors
    • Coldplay – Shiver
    • Coldplay – Trouble
    • Incubus – Love Hurts
    • Oasis – Sad Song
    • Oasis – Just Getting Older
    • Queen – Love of my Life
    • REM – Ill Take The Rain
    • Robbie Williams – Come Undone
    • Rolling Stones – Paint it Black
    • Rolling Stones – Gimme Shelter
    • System Of a Down – Lonely Day
    • Travis – Why Does it Always Rain on Me
    • Wilco – How to Fight Loneliness…
Photo Sharing and Video Hosting at Photobucket
Elevador Lacerda, de longe, em dia de chuva

top 15 músicas pra ouvir em dias de sol, de preferência indo pra algum lugar bom, porque essas são melhores ainda em movimento. Perfeitas para dias cheios de coisas pra fazer ou apaixonados, porque todos os dias apaixonados são de sol.


    • Beack Boys – Dont Worry Baby
    • Beatles – Here Comes The Sun
    • Beatles – Good Day Sunshine
    • Coldplay – Under the Tracks
    • Counting Crows – Mr. Jones
    • Kath Bloom – Come Here
    • Oasis – Half The World Away
    • Oasis – The Importance of Being Idle
    • REM – Man On The Moon
    • Robbie Williams & Nicole Kidman – Something Stupid
    • The Cure – Just Like Heaven
    • The Walflowers – Im Looking Through You
    • Travis – Know Nothing
    • Travis – Flowers in the Window
    • Wilco – Summer Teeth
    • Wilco – When You Wake Up Feeling Old
      .
Photo Sharing and Video Hosting at Photobucket
Elevador Lacerda, de perto, em dia de sol

.
E por enquanto, eu aproveito a chuva e o frio, tão raros por aqui.

parte 2

Essa semana comecei a árdua tarefa de responder os scraps de aniversário que mais de 100 pessoas me mandaram. Como boa menina, gentil, educada e com um senso de humor bem peculiar, comecei com todo o ânimo. Só comecei mesmo… ainda tem mais de 60 recados desoladamente esperando resposta, a maioria escrito “parabéns, felicidades, saúde, paz, tudo de bom!” (que francamente, parece a receita das Meninas Super-Poderosas), e de gente que não dá o ar da graça há um século, mas pelo menos no meu aniversário teve a atenção de enxergar o lembrete e se deu ao trabalho de botar a pródiga criatividade pra funcionar no meu scrapbook, e ser mais um na multidão. Costumo dizer – já disse a várias pessoas – que parabéns de orkut não vale, primeiro porque na maioria das vezes não é espontâneo. E depois porque é tanta gente que se sente na obrigação de manifestar o enorme carinho pelo dono(a) do dia, que a maioria passa despercebida. Recebi, claro, vários scraps realmente importantes e autênticos, de pessoas que me querem bem, e foram os primeiros que respondi e apaguei. Ironicamente, os recados que estão ainda no scrapbook são os “menos importantes”, vamos dizer assim. Mas é um trabalhinho exaustivo pra a criatividade tão escassa da garota, isso de ser engraçadinha, procurar referência de alguma coisa pra dizer pra a pessoa além de “brigada pelo carinho”, que eu não sou de frases feitas.

O lado bom da coisa toda foi ver de novo caras conhecidas e ausentes da minha vida há um século, e fazer uma coisa que adoooooro, e já estava caindo em desuso: bisbilhotar. Aaaaah, e como bisbilhotei!! Sem esforço nenhum, que as vítimas já estavam ali pra ser vistas mesmo. Fulano passou no vestibular, a outra terminou o namoro, Num-Sei-Quem tá com um álbum massa, e aquela menina não muda o perfil faz uns 2 anos. Vi coisas pra ter saudade, e meu lado sádico se esbaldou nas abestalhações, erros de português, fotos desastrosas, perfis suburbanos, tosqueiras e bizarrices em geral. Ah, como isso é bom! Ah, as maravilhas do orkut! Ah, o que o ócio não faz…


(soundtrack: Chico Buarque – Olhos nos Olhos)

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s