retro

2006 foi O ano. Nunca vi tanta coisa (boa e ruim) acontecendo junta. Então, vamos fazer a velha listinha do ano, com a maravilhosa técnica inventada por Bridget Jones, pra ver se eu esqueço do mínimo de coisas possível:

reveillón no maior estilo “festa estranha com gente esquisita”: 1
vestibulares feitos: 1
aprovações no vestibular: 2, uma delas em primeiro lugar e outra que virou minha vida de cabeça pra baixo e pelo avesso.
festa do pijama com 1 kg de sorvete de pitanga: 1
mudanças de mundo: 1
mudanças de apartamento: 3
separações na família: 1
amores ganhados: 1
amores perdidos: 2
amores esquecidos: nenhum completamente. Acho que é o meu jeito de lidar com isso, guardando os caquinhos, mesmo sabendo que não dá pra juntar.
relações de pedestaltia complicadas: 1 cortada pela raiz, 2 acabadas e talvez uma em andamento (Deus me ajude…)
decepções feias que sofri: 2
decepções feias que causei: 2, que eu saiba.
amizades feitas: não mais de 10, entre igreja, faculdade e blogworld.
amizades perdidas: 2, que me fazem uma falta horrível.
brigas com grandes amigas: 2
reconciliações: 1
aniversário: 1 (é pra rir).
maioridade: 1 (idem).
fotolog criado: 1
fotolog abandonado: 1 (precisa dizer que é o mesmo?)
blog criado: 1, e apesar das longas entre-safras, não pretendo abandonar nunquinha.
templates feitos: 7 (3 pra mim, 2 pra mamãe, 1 pro Batman e… pra quem foi o outro mesmo?)posts: 74
soundtracks: 69
coisas que pensei, mas não postei: incontáveis, e são os pedacinhos do ano que foram um desperdício.
coisas que postei sem pensar: poucas, talvez devesse fazer mais isso.
dias sem internet: prefiro nem pensar em quantos foram ao longo do ano, mas foram muitos, viu… estão sendo ainda, aliás.
pifadas no computador: hmm.. umas 4 ou 5. Mas demorava pra caramba pra consertar…
músicas no pc: 911
primeiro dia de aula: 1, o mais esquisito da minha vida.
desencontros no CAC: muuuuuitos.
emprego: 1
trabalhos de design: uns 50, 55
loucuras de fim-de-semana: 1
noite inteira acordada curtindo um amor: 1
noite inteira acordada cultivando uma amizade: 1
noite inteira acordada falando besteira com os primos: 1, bem recentemente aliás.
noites inteiras acordadas cuidando de blogs (meu e alheios): 3
noites inteiras acordadas fazendo trabalhos: umas 5 ou 6
aulas matadas: poucas. algumas só por preguiça, uma que valeu muito a pena e uma em que tudo deu errado, mas eu acabei me divertindo.
besteiras feitas e ditas: um bocaaaaaaaaado!
sacadas geniais: um bocaaaaaaaaado também, mas acho que foram menos que as besteiras.
crises de choro com vontade de voltar pra casa: 3
crises de choro por causa de amor: bem mais de 3
vontades de matar alguém: umas 70, 80 (a mesma pessoa).
sonhos em que alguém morria: 1, mas 2 pessoas morriam.
volta pra casa: 1
encontro de estudantes de design (ou muvuca de estudantes de design): 1, o famoso Rê.
volta pra a vida real: 1
filmes assistidos: bem menos que em 2005.
lugares conhecidos: bem mais que em 2005.
livros lidos: 5, todos grandinhos. Um foi sempre nas manhãs de sábado, na Livraria Cultura.
ônibus errados: 4, eu acho.
situações de perigo: só uma, que eu me lembre. Foi bem punk, mas eu tinha someone to watch my back.
sunsets: uns 15, todos lindos.
sunrises: alguns, mas de ver mesmo, só um. Perfeitamente perfeito, e devidamente fotografado.
tinta no cabelo: 1 (preto 40 da Koleston, uau!)
aparadas de pontas nos cabelos: várias, todas por mim mesma.
corte drástico no cabelo: 1, por mim mesma também.
quilos ganhados: 3, entre idas e vindas.
roupas inventadas: quase todas.
coisas perdidas: poucas, em comparação com outros tempos.
dinheiro gasto à toa: bem pouco, na minha concepção…
planos frustados: muitos. É o que dá sonhar demais.
planos bem-sucedidos: alguns.
sonhos realizados: 2. Tá, um e um pedaço, porque um dos sonhos era bem maior que o que aconteceu de verdade, mas vai ver foi pela minha falta de capacidade de entender que as coisas têm que acontecer naturalmente.
arrependimentos: pouquíssimos. Porque depois da raiva que me fazem passar, minhas besteiras acabam me fazendo rir e me ensinando alguma coisa, que provavelmente não vou colocar em prática.
vontades satisfeitas: todas as necessárias.
quedas antológicas: 1, na igreja, na frente de todo mundo. Mas com a maior classe.
tombinhos e tropeços: 1 por dia, em média.
quedas no celular: 1 por dia também… não sei como o bichinho sobrevive ainda.
coisas esquecidas: hmm… quantas mesmo?
coisas aprendidas: muito mais do que em toda a minha vida.

Pois é. Não chega nem aos pés do que foi o ano que passou pra mim. Mas me lembrou coisas que não devem ser esquecidas nunca, e me fez dar aqueles sorrisinhos de saudade. Talvez nenhum outro ano seja tão surreal como 2006, quando eu vivi coisas que devia ter experimentado antes e outras que só teria que aprender mais tarde. Que venha 2007, e que Line Gilmore seja muito feliz. Toos nós, aliás. Como diz a música que estou escutando agora, whatever tomorrow brings, I’ll be there, with open arms and open eyes. Não quero perder um segundo.

Photobucket - Video and Image Hosting

(soundtrack: Incubus – Drive)
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s